NILSON RUTIZAT
Escrever para mim é como respirar, eu preciso escrever para continuar vivo.
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Prêmios Contato Links
Textos
CHAMA
Não sou só o sorriso
Não sou só o choro
Sou também o meio riso
E talvez sou o agouro
Não sou a simplicidade
Nem sou só a arrogância
Tenho um pouco de cada
Talvez nada da ganância
Não sou nenhum profeta
Mas consigo adivinhar
Talvez porque sou poeta
Consigo muito mais enxergar
Não sou homem especial
Também não sou mulher
Sou meio triste e alto-astral
Às vezes sofrido até
Não sou apenas o grito
Também posso ser o cochicho
Que as vezes sem capricho
Arranco de muitos o gemido
Não sou e também sou
Talvez você já saiba o que é
Sou eterno enquanto dura
Habito à alma das criaturas
E desperto nelas um ardor
Tou aqui para te dizer
Sou o fogo que ninguém ver
A chama acessa, sou o amor.
Nilson Rutizat
Enviado por Nilson Rutizat em 16/06/2020
Alterado em 17/06/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários