NILSON RUTIZAT
Escrever para mim é como respirar, eu preciso escrever para continuar vivo.
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Prêmios Contato Links
Textos
DIA ETERNO

Eu quis fazer desse poema,
Minha imagem e semelhança,
Por isso ele é... compreenda,
Assim tão cheio de esperança.

Eu quis deixar nesses versos
O quanto eu estou cansado.
E me saíram versos pervesos
De um homem desmoronado.

Eu quis escrever para alegrar,
O que eu fiz saiu triste assim.
Um poema que me faz chorar
Por ter sido feito para mim.

Eu quis um poema escrever,
Que estivesse a minha altura,
Mas acabei por me envolver
E o resultado foi essa mistura.

É exatamente o que acontece
Quando o dia não quer terminar.
Amanhecesse fica e se esquece
Que a gente precisa descansar.
Nilson Rutizat
Enviado por Nilson Rutizat em 09/07/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários